Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2005

Dois poemas escritos em dias cinzentos...

Amante

Quando a bruma se levanta
E o dia se veste de cinzenta tristeza
No jardim de sempre
Onde cantam os rouxinóis….
Continuará a brilhar a luz
Irradiada do teu olhar.

Continuará, como sempre a ser um sol
Brilhante e quente como o verão escaldante
Essa força que te vem do coração
Semelhante a um sonho puramente delirante.

Alucinado pela intensidade do teu brilho
Que é a consagração e a pujança do amor
Percorro radiante esse caminho
Que leva ao altar em teu louvor.

E sendo tu a mentira e a verdade
O bem e o mal na alegria e na tristeza
És em harmoniosa simplicidade
A simbiose perfeita da natureza.

Sem rumo
Ando perdida nesta vida
Sem rumo, sem sentido
Tenho medo,
Medo de sonhar
Medo de lutar
Medo que tudo me leve ao fim.

Atormenta-me não saber o que fazer
Atormenta-me não conseguir fazer as coisas mais banais
Atormenta-me…
Não ter forças para lutar
Ou…para parar de sonhar.

Sinto o peso da solidão
No meio deste mundo
Ando perdida…
Querendo outra vida
Talvez mais colorida
Onde o sonho e o amor
Sejam mais que uma utopia
ESTOU SÓ
CANSADA E SÓ

Maria de Jesus



publicado por bitu às 01:24
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
29
30
31


.posts recentes

. Água e Sabão: Contra as B...

. Estórias de Natal

. ...

. ...

. ...

.

.

.

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.

1º Dezembro , do...

. ...

.arquivos

. Julho 2009

. Novembro 2008

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.favorito

. Mensagem de Páscoa...

blogs SAPO

.subscrever feeds